Santos Lopes
(1948)


A Rainha da Noite
Homenagem a Mozart,
bronze patinado,1989,115 x 042 x 041 cm

SANTOS LOPES, fotógrafo, professor e escultor nasceu em 1948, Abrantes.
Iniciou os seus estudos de arte na Escola de Artes Decorativas António Arroio em Lisboa. Trabalhou na Europa, África e nos Estados Unidos onde frequentou Art Students League, em Nova Iorque. Os seus trabalhos integram coleções em Portugal, Espanha, França, Inglaterra, Suíça, Estados Unidos, Egipto, Brasil, Uruguai, Alemanha e diversos países africanos.

Exposições e Trabalhos/ seleção
1975. Chega ao Brasil e fixa residência em São Paulo, onde desenvolve novas técnicas em cerâmica e bronze. | 1978. Recebe no Brasil, o Prêmio Ademar da Costa e realiza exposição individual na National Art Center Galery, em New York. | 1980/1982. Representa os escultores na II Bienal de Artes Plásticas, do Círculo Militar e Integra as mostras, “Brasil Arte Turismo Internacional”, no Rio de Janeiro e a “International Art Exposition”, no New York Coliseum, em Nova York. Participa ainda de exposições coletivas. | 19831985. Retrospectiva no Museu da Pinacoteca do Estado de São Paulo. Representa Portugal no evento “Encontros com a Cultura Portuguesa”. Expõe individualmente em várias galerias no Brasil.  | 1989-1990. Individual “Bronzes e Mármores”, na Galeria Skultura (São Paulo), e participa da “12th Annual ARTEXPO New York, no Jovits Convention Center. |1991-1993. Individuais no Brasil no Museu de Arte Contemporânea de Campinas e na Alemanha, em Berlim, na Galeria Painen. | 1994-1995. Individual “Fragmentos Poéticos – Fernando Pessoa”, na Galeria de Arte André, em São Paulo e em Campinas no Centro de Convivencia Cultural.  Representa o Brasil na edição 94 do catálogo Kawaguchi Public Art, de Tóquio entre 23 escultores do mundo inteiro. | 1998-2000. A pedido da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, faz o monumento “São Pedro Pescador”, para a cidade de Mongaguá. Um de seus trabalhos é escolhido pela Compaq Computer, para registrar a fabricação do milionésimo computador no Brasil. Faz em São Paulo, o “Monumento à Cultura Democrática”, em homenagem ao Governador André Franco Montoro. | 2004-2006. Em Portugal realiza exposição na Galeria Municipal do Museu Regional de Sintra. Nas Galerias Municipais de Abrantes e do Centro Cultural da Câmara Municipal de Castelo de Vide lança sua nova série ”Releituras” (Esculturas e desenhos em tela) que expôe a seguir no Brasil, em São Paulo, na Galeria André. | 2007/2009. Seus novos trabalhos “Releituras” são mostrados com uma individual em Espanha , no Museu Nacional de Cáceres. | 2010. Realiza em Lisboa a mostra  “Santos Lopes – “Bronzes e Releituras em tela” na galeria do MAC- Movimento Arte Contemporânea.  | 2011. Apresenta na cidade de Alba,  em Italia, no Centro Cultural San Giuseppe, a mostra  “Arte Withoutborders”. Exposição de caráter conceitual que realizou em parceria com Lella Castelo Branco. | 2013/2014. Em Portugal; apresenta exposições retrospectivas, com o lançamento simultâneo do seu Livro “Escultura - O Sonho e a Técnica”,  na Bibiloteca Municipal de Abrantes e na Galeria Municipal de Castelo de Vide. 

In catálogo da Exposição - 100 ANOS DE ARTES PLÁSTICAS EM ABRANTES, 10 SETEMBRO A 21 OUTUBRO 2016, Município de Abrantes.

0
0
0
s2sdefault