José Paulo Fernandes
(1906 – 1979)


Flores
óleo s/ madeira, 40,5 x 48,5 cm,
s/d – Coleção particular

José Paulo Fernandes nasceu em 23 de maio de 1906.
Quando frequentava a “Broa”, antiga escola secundária de Abrantes, José Motta, seu professor, encontrou nele marcada habilidade para o desenho.
Seguiu a sua vida, estudante no liceu e depois trabalhando como ajudante de advogado. Mais tarde como solicitador.

Nas horas livres além de desenhar dedicava-se à música e ao teatro, cheio de iniciativa. Era um artista. Assim prosseguiu até que se fixou na pintura apaixonadamente.
Pelos vinte e um ano teve oportunidade de visitar Roma e Florença. Ao voltar, entusiasmado, começou por fazer cópias de Carlos Reis, Malhoa e outros pintores portugueses que admirava.
José Motta ajudou-o a libertar-se das cópias e orientou-o. Diogo Oleiro, espírito sensível, apoio-o com amizade.

Sempre muito modesto, “atreveu-se” (como dizia) a expor em público umas quinze vezes, sempre em Abrantes.
Faleceu em 18 de setembro de 1979.

(Abrantes. Câmara Municipal de Abrantes - Homenagem a José Paulo - Abrantes. 1981)

In catálogo da Exposição - 100 ANOS DE ARTES PLÁSTICAS EM ABRANTES, 10 SETEMBRO A 21 OUTUBRO 2016, Município de Abrantes.

 

0
0
0
s2sdefault