O Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros é uma área protegida criada em 1979, pelo Decreto-Lei n.º 118/79, e cujo objetivo é a proteção dos aspetos naturais e a defesa do património existente nestas duas serras. De todo este vasto território, com cerca de 38900 hectares, apenas uma pequena área pertence ao concelho de Torres Novas. O território do PNSAC é bastante rico em estruturas cársicas: as grutas, algares, dolinas e campos de lapiás; em fauna, várias espécies de morcegos, geneto, raposa, javali, texugo, coelhos, várias espécies de águias; e em flora, com mais de seiscentas espécies vegetais, 25 espécies diferentes de orquídeas, narciso, alecrim, carvalho, azinheira, etc.
Alguns dos pontos turísticos deste parque são o Monumento Natural das Pegadas de Dinossáurios da Serra de Aire, Gruta de Mira D'Aire, Centro de Interpretação Subterrâneo da Gruta do Almonda, Centro de Interpretação Subterrâneo da Gruta Algar do Pena, Carsoscópio, etc.

Coordenadas GPS 39°20’12”N 8°56’31” W

 «Torres Novas Inspiradescoberta – Guia digital 2013», Torres Novas: Município de Torres Novas, 2013.
 Câmara Municipal de Torres Novas – www.cm-torresnovas.pt
 Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas – http://www.icnf.pt
 Wikipédia – A Enciclopédia Livre – https://pt.wikipedia.org

0
0
0
s2sdefault