As Solenidades da Semana Santa e Páscoa no Concelho de Sardoal assumem-se como património intrínseco da personalidade concelhia, representando um elo inabalável da ligação entre gerações do Passado, do Presente e do Futuro. A preparação e a celebração desta quadra passam as fronteiras do religioso, unindo, em seu torno, pessoas de todas as convicções e idades. As profundas tradições de Fé e Religiosidade deste Concelho remontam a um passado longínquo, ganhando especial relevo nesta época. Para além das manifestações religiosas, próprias da quadra, um vasto conjunto de atividades são promovidas. Exposições, Percursos Pedestres ou Espetáculos de Música e Teatro são alguns exemplos da vasta oferta religiosa e cultural que o Concelho oferece.

Ponto alto da Semana Santa em Sardoal são as Capelas e Igrejas decoradas com tapetes de flores naturais. Entre Quinta-feira Santa e Domingo de Páscoa o chão das Capelas e Igrejas ostentam verdadeiras obras de arte popular, numa tradição que se julga única no país e que, desde 2014, se estendeu a todo o Concelho.

 

 

 

 

 

Procissão dos Passos do Senhor 

Embora não seja possível determinar com exatidão a origem desta Procissão, sabe-se que a mesma já se realizava em meados do século XVIII. A Vila veste-se de roxo com centenas de faixas desta cor colocadas nas janelas e nas varandas das principais ruas. Recriando os Passos do Senhor até ao Calvário, a procissão sai da Igreja Matriz e percorre as ruas da Vila até ao Pelourinho, local onde se realiza o Sermão do Encontro, que culmina com o Encontro simbólico das imagens do Senhor dos Passos e da Sua Santíssima Mãe. 

A Procissão prossegue com as duas imagens a caminho do Convento de Santa Maria da Caridade, onde é proferido o Sermão do Calvário. A Filarmónica União Sardoalense acompanha todo o cortejo entoando marchas fúnebres. Esta Procissão é organizada pela Paróquia de Santiago e São Mateus e pela Irmandade da Vera Cruz ou dos Santos.

 

 

 

 

 

Procissão do Senhor da Misericórdia (Fogaréus)

A Procissão do Senhor da Misericórdia (ou Fogaréus) é uma das mais emblemáticas e solenes da Semana Santa em Sardoal. O cortejo da procissão é realizado com a iluminação da rede pública desligada, criando um ambiente místico pela luz das velas, archotes e candeias colocados nas varandas e janelas. Organizada pela Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Sardoal, esta Procissão integra o Serão do Mandato, na Igreja de Santa Maria da Caridade, regressando, posteriormente, à Igreja da Misericórdia

A Filarmónica União Sardoalense entoa marchas  fúnebres ao longo do percurso. Nesta Procissão podem ser apreciados os ricos painéis, provavelmente do século XVIII, pertença da Misericórdia, representando Cenas da Paixão. Por motivos de segurança e preservação, saem à rua réplicas em tamanho real.

 

 

 

 

Procissão do Enterro do Senhor

Esta Procissão sai da Igreja Matriz em cortejo fúnebre, percorrendo as ruas da Vila, em direção à Igreja de Santa Maria da Caridade.

De regresso à Igreja Matriz, é neste Templo que se realizam as Cerimónias do Enterro do Senhor.

Na Procissão participam a Irmandade da Vera Cruz ou dos Santos Passos e a Irmandade do Santíssimo Sacramente.

A Sexta-feira Santa é um dia litúrgico, assim designado porque não se celebra a Missa, entendendo a devoção cristã que assim tem de ser porque Cristo está morto.

 

 

 

Procissão da Ressurreição

A alegria pelo triunfo de Cristo Ressuscitado é retratada nesta Procissão. As ruas da Vila por onde a Procissão passa ficam repletas de flores e verduras e nas janelas das casas são colocadas as colchas coloridas, criando um ambiente solene, mas de Festa e Alegria.

 

 

 

 Fonte: CÂMARA MUNICIPAL DE SARDOAL. - Eventos anuais: Semana Santa [em linha]. Sardoal: C. M. Sardoal. [Consult. 05 Mar. 2018]. Disponível em WWW: <URL:http://www.cm-sardoal.pt/index.php/pt/viver/cultura/eventos-anuais#semana-santa>.

 

0
0
0
s2sdefault