Diz a lenda que há muitos anos houve uma grande peste, que atingiu muitos moradores da aldeia de Andreus e que muitos morreram.

No desespero causado pela doença, que era muito contagiosa, muitos dos doentes procuraram a proteção da Senhora dos Barbilongos, que ficava do outro lado da Ribeira do Vale Carvalho, num monte que fica à direita da estrada, como quem vai para o Carvalhal.

Diz também a lenda que todos os doentes que conseguiram passar a ribeira se salvaram e que todos os que ficaram deste lado morreram. Daí que passassem a chamar à Senhora dos Barbilongos a Senhora da Saúde, cuja imagem trouxeram depois, para a capela da aldeia.

No entanto, a Senhora ou porque gostasse mais do lugar de onde viera ou porque quisesse um lugar de maior destaque na sua nova morada, diz a lenda que muitas vezes fugiu para a Capela dos Barbilongos, indo sempre os moradores buscá-la, com veneração.

Mas depois de que se aparelhou num lugar em que pudesse ser venerada, depois de rogada com muito afeto e devoção, o aceitou, pelo que o povo lhe ofereceu uma coroa e um manto que ainda hoje usa.

FONTE: CÂMARA MUNICIPAL DE SARDOAL - História: lenda de Nossa Senhora da Saúde ou dos Barbilongos. [em linha]. Sardoal: C.M. Sardoal. [Consult. em 23 Set. 2018]. Disponível em WWW: <URL:http://www.cm-sardoal.pt/index.php/pt/descobrir/historia#lenda-de-nossa-senhora-da-saúde-ou-dos-barbilongos>

0
0
0
s2sdefault