A Fundação Maria Dias Ferreira e a Câmara Municipal de Ferreira do Zêzere, editaram a coleção “Etnografia, tradições e saberes do concelho de Ferreira do Zêzere” que tem como objetivo a recolha, estudo, preservação e divulgação do património etnográfico ferreirense.

 

 

 

"Artes e Ofícios tradicionais do concelho de Ferreira do Zêzere"
Coleção "Etnografia, tradições e saberes do concelho de Ferreira do Zêzere"​

 
A obra “Artes e Ofícios tradicionais do concelho de Ferreira do Zêzere” pretende contribuir para o estudo, a  promoção,  a  defesa  e  a divulgação  das  profissões tradicionais exercidas, desde outros tempos, neste concelho, que são bem representativas da identidade portuguesa. Fruto da modernização observada nas últimas décadas, muitas destas profissões já desapareceram ou estão em grande declínio. Contam-se, entre elas, os alfaiates, os caleiros, os capadores, os operários de cerâmica, os correeiros, os encarregados agrícolas ou  feitores,  os  ferradores,  as  fiadeiras,  os  latoeiros, os carreiros ou boieiros, os merceeiros e taberneiros, os moleiros, os pastores, os poceiros, os resineiros, as tecedeiras e os tanoeiros.

Esta  publicação  integra-se  na  coleção  “Etnografia, Tradições e Saberes do Concelho de Ferreira do Zêzere”, dedicada à recolha, ao estudo, à preservação e  à  divulgação  das  memórias  etnográficas  da  região ferreirense. Os dois primeiros livros desta coleção tiveram como títulos “Trajes tradicionais do concelho de Ferreira do Zêzere”, publicado em 2016, e “Danças e Cantares tradicionais do concelho de Ferreira do Zêzere”, publicado em 2017. A Fundação Maria Dias Ferreira e a Câmara Municipal de Ferreira do Zêzere, parceira desta iniciativa, estão conscientes que as artes e os ofícios tradicionais são um importante capital de memória, um veículo de conhecimento, de modos de ser, de viver e de saber-fazer. Para além do seu valor patrimonial, de herança cultural e de compreensão histórica, estes ofícios são meios de valorização e de preservação de práticas e de ecossistemas. Interferem nos tecidos económico e social das regiões, como meios de rendimento e de emprego e são ainda uma relevante forma de ligação e envolvimento das populações com as suas terras, trazendo importantes benefícios a nível ambiental e turístico.
 


 

 


 

 

 

"Danças e Cantares tradicionais do concelho de Ferreira do Zêzere"
Coleção "Etnografia, tradições e saberes do concelho de Ferreira do Zêzere"

 

 



Após a publicação, em 2015, do primeiro livro da coleção dedicada ao património etnográfico ferrei­rense, com o tema “Trajes tradicionais do concelho de Ferreira do Zêzere”, a Fundação Maria Dias Ferreira, em parceria com a Câmara Municipal de Ferreira do Zêzere, publicou em 2016 um novo livro desta coleção com o título “Danças e Cantares tradicionais do concelho de Ferreira do Zêzere”.
Da autoria dos etnógrafos e folcloristas José Joaquim Ferreira Marques e Rosária Tendeiro Tarana Marques, a obra apresenta uma compilação das danças e dos cantares tradicionais ferreirenses recolhidos pelos três Ranchos Folclóricos do concelho e por alguns particulares.
Esta compilação desdobra-se em três vertentes: as danças e os cantares profanos, consagrados pelo uso comunitário, distribuídos de acordo com o rancho folclórico que os recolheu e a cujo acervo pertencem na atualidade; as quadras populares, nascidas do impro­viso, demonstrações espontâneas da natureza poética das gentes de outrora; e os cânticos religiosos, uma das facetas da religiosidade popular.
Para cada dança e cantar, apresenta-se o registo da letra e, quando possível, da música (através de uma pauta musical) e da coreografia com respetiva descrição, nos casos em que a mesma existe.
Algumas das danças e dos cantares foram registados em vídeo, podendo ser acompanhados pela repro­dução do vídeo respetivo existente no DVD “Danças e Cantares tradicionais do concelho de Ferreira do Zêzere”, complementar ao livro.
 


 

 


 

 

 

"Trajes tradicionais do concelho de Ferreira do Zêzere - final do século XIX e início do século XX"
Coleção "Etnografia, tradições e saberes do concelho de Ferreira do Zêzere"

 


A obra “Trajes tradicionais do concelho de Ferreira do Zêzere: final do séc. XIX e início do séc. XX”, da autoria dos etnógrafos e folcloristas José Joaquim Ferreira Marques e Rosária Tendeiro Tarana Marques, é o primeiro livro da coleção “Etnografia, tradições e saberes do concelho de Ferreira do Zêzere”. Edição conjunta da Fundação Maria Dias Ferreira e da Câmara Municipal de Ferreira do Zêzere, constitui uma ação comum das duas entidades em prol da preservação e divulgação do riquíssimo património etnográfico ferreirense.  
O traje que era usado pelo povo do concelho de Ferreira do Zêzere no seu quotidiano e em ocasiões festivas, na transição do séc. XIX para o séc. XX, espelha, de forma singular, a mentalidade, o modo de vida, as influências e os recursos de que dispunham as gentes da região. Por permitir traçar o retrato de um povo e de uma época, o traje tradicional merece ser estudado, preservado e divulgado. Nesta missão, os ranchos folclóricos têm vindo a desempenhar um importante papel que é colocado em destaque neste livro, através de um trabalho de recolha fotográfica de trajes representativos do trajar do povo ferreirense no passado, elaborados e envergados pelos elementos dos 3 ranchos folclóricos do concelho.  
Esta obra pretende fixar na memória coletiva a forma como se vestiam as gentes ferreirenses, dando a conhecer os trajes em pormenor e explicando a função e o contexto em que eram usados.
 

  

In: http://www.fundacaomariadiasferreira.org/por-colecao.html#Etnografia, Tradições e Saberes do Concelho de Ferreira do Zêzere

0
0
0
s2sdefault