Nasceu em 1932, em Mouriscas. Estabeleceu-se como barbeiro aos 14 anos, na sua terra. Já então fazia poesia, mas só a ela se dedicou mais a sério em 1995.

Bibliografia:

MATOS, Joaquim António de - Espaço de memória. Mouriscas: Joaquim António de Matos, 2002

In  Exposição - 100 anos de autores abrantinos

0
0
0
s2sdefault